Catedra Unesco

O instituto i3G firmou compromisso de constituição de consórcio para Cátedra Unesco TECLIN, com o propósito de realizar um projeto Piloto de acesso a conteúdos educativos em língua materna a populações indígenas infantis mediante o uso de tecnologias lingüísticas.

A meta do projeto é a conservação do património linguístico do mundo, garantindo o acesso ilimitado ao conteúdo universal daqueles que se comunicam por meio de linguas indígenas. Essa comunicação será possível através do uso da tecnologia, que pode estreitar a brecha digital causada pela diversidade linguística.

O projeto irá trabalhar buscando concretizar os objetivos da Declaração Valparaíso (assinada por Ministros da Educação em julho de 2007), que estabeleceu a erradicação do analfabetismo funcional nos países Ibero-Americanos até ao ano 2015. Atualmente, existem 40 milhões de pessoas analfabetas nos países membros da Declaração, que é formada por 11 países da América Latina e Espanha.

O Nauathl foi idioma selecionado para este projeto piloto, a lingua é falada por um milhão e duzentas mil pessoas somente na parte central do México, sendo a quarta língua mais falada nas Américas.

Além do instituto i3G, fazem parte do consórcio, firmado em 19 de junho de 2008 na cidade de Madri na Espanha, as instituições:

  • Universidad Politécnica de Madrid – UPM
  • Centro de Investigación para la Promoción del Conocimiento – CIPCO de Tucumán (Argentina)
  • Universidad Técnica Particular de Loja – UTPL de Ecuador
  • Sociedad Mexicana de Computación en la Educación, A.C. – SOMECE.

O TECLIN é composto por especialistas em educação, inovação educativa, lingüistas, engenheiros do conhecimento e analistas de sistemas, sendo responsável pela concepção e desenvolvimento de componentes específicos, webdesign e aplicações de informática que auxilem na execução do propósito da Cátedra.

O programa de Cátedras da UNESCO foi aprovado pela Conferência Geral do organismo internacional em 1991. Os principais objetivos para a criação deste programa são:

  • Estimular a cooperação inter-universitária e transferência de conhecimentos, ajudando a construir e fortalecer redes;
  • Criar centros de investigação especializados para compensar as possíveis áreas deficientes.

Outras linguas serão incluidas no decorrer do projeto, sendo que o Guarani está entre elas. Atualmente, existem 24 Cátedras em funcionamento no Brasil, sendo uma em Santa Catarina.

TECLIN:

  • Coordenador geral: Jesus Cardenosa (UMP – Universidade Politécnica de Madrid)
  • Coordenador Argentina: Oscar A. Ruiz ( Fundación La Buhardilla, diretor)
  • Coordenador Mexico:Marina Vicario SOMECE (Sociedad Mexicana de Computación en la Educación, presidenta)
  • Coordenador Equador: Nelson Piedra (Escuela de Ciencias de la Computación, Director -Universidad Técnica Particular de Loja-www.utpl.edu.ec)
  • Coordenador Brasil: Tânia Cristina D’Agostini Bueno (I3G – Instituto de Governo Eletrônico, Inteligências e Sistemas)

Fontes:
UPM (02.07.2008)
AlphaGalileo
(07.07.2008)
Science Centric (07.07.2008)
Science News (07.07.2008)
OEI
(02.07.2008)
Inali – México (02.07.2008)
Inttranews
(02.07.2008)
SINC
(01.07.2008)
AlphaGalileo
– english (07.07.2008)
AlphaGalilego (01.07.2008)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.