Pesquisadora do Instituto i3G é responsável pelo projeto Transtec no Brasil

A pesquisadora Sonali Bedin, doutoranda pelo EGC/UFSC, coordenará as pesquisas de engenharia linguística no Instituto i3G como parte do desenvolvimento do Projeto TRANSTEC e como parte do desenvolvimento da sua tese de doutorado.

O TRANSTEC é um projeto aprovado junto a Comunidade Européia em parceria com a Faculdade de Informática da Universidade Politécnica de Madrid – UPM, sob a coordenação do prof. Dr. Jesus Cardeñosa e visa a execução de ações de Transferência de Tecnologia em questões de Engenharia Linguistica para o desenvolvimento de ontologias multilíngües.

Desenvolver métodos de trabalho comuns que permitam entrar em um processo contínuo de inovação tecnológica para o tratamento do multilinguismo em sistemas de busca é o objetivo principal do projeto. Também, a implementação de componente tecnológico como exemplo de base para o processo de transferência de tecnologia como parte das ações para a incorporação do i3G à Cátedra UNESCO, coordenada pela equipe UPM. A parceria com a UPM teve início em 2008 com o Projeto Ontojuris (CNPq) e que tem sua continuidade com o projeto Ontolegis aprovado em 2010 (FAPESC)ambos sob a coordenação da Dra. Tania C. D. Bueno.

Consolidada a parceria e métodos comuns de trabalho, a definição de ações conjuntas entre as duas equipes de pesquisa vai incrementar a produtividade de ambas e a colaboração de forma sistemática além de garantir significativa produção científica conjunta.

Duración: 15 de Febrero de 2011 / 30 de Noviembre de 2011
Coordinador: Jesús Cardeñosa (UPM)
Socio contraparte: Sonali Paula Molin Bedin (Instituto I3G – Florianópolis, Brasil)

http://www.vai.dia.fi.upm.es/es/projects/transtec/transtec3.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.